Pais: Zeus e Dione

Cônjuge: Ares, Hefesto, Apolo e Dionísio

Filhos: Eros, Fobos, Delmos, Harmonia, Adrasteia, Erotes, Rode, Erix, Tique, Hermafrodito, Cártes, Priapo, Liros, Béroe, Golgos, Eneias, Peito

Divindade: Deusa da Beleza, Amor e Sexualidade

Equivalência em outras culturas: Mitologia Romana – Vênus


“Afrodite nunca foi criança, sendo constantemente retratada nascendo já adulta, nua e bela.”

Existem duas versões para o nascimento de uma das deusas mais cultuadas do Olimpo:

1ª – Segundo a versão de Hesíodo, Afrodite nasceu de uma forma incomum. Após Cronos cortar os órgãos de Zeus e jogá-los ao mar que, aquecida por seu sangue, formou  uma espuma branca e, como se fosse uma fecundação, deu origem a Afrodite (Afros = Nascida da espuma), dentro de uma madrepérola.

2ª – Para Homero, Afrodite era filha de Zeus (deus dos deuses) e Dione (deusa das ninfas). Ela foi conduzida a uma ilha por Zéfiro, que a entregou entre as mãos das Horas, que se encarregaram de educá-la.

A deusa do Amor e da Sexualidade teve muitos amores…:

Nérites – O primeiro amor da deusa era um jovem deus do oceano que ela amou ainda quando vivia no mar. Quando Afrodite saiu do oceano e foi viver no Olimpo, voltou ao mar para buscar Nérites para que ele vivesse com ela. Entretanto, o deus se recusou a ir com Afrodite. Com raiva e traída, transformou-o em um molusco

Zeus – O deus do Olimpo teria tentando seduzir a deusa assim que ela saiu do mar no Chipre. Porém, assustada, saiu correndo. Mais tarde, teria se entregado a Zeus de livre e espontânea vontade, ganhando o ódio eterno de Hera, sua esposa; Esta, quando soube que Afrodite estava grávida de Zeus, maldosamente colocou a mão em sua barriga fazendo o seu filho nascer deformado. Esta criança viria ser o deus Priapo.

Hefesto –  Uma versão da história de Afrodite conta que, por causa de sua imensa beleza, Zeus teme que os outros deuses passassem a brigar uns com os outros por causa da deusa. Para evitar isso, ele a obriga a casar-se com Hefesto, o deus ferreiro, sem senso de humor e feio. Em outra versão da história, Afrodite se casa com Hefesto depois que sua mãe, Dione, lança-o do Olimpo, considerando-o muito feio e deformado para habitar com os deuses. Ele se vinga prendendo-a num trono mágico que construiu. Em troca de sua libertação, ele pede para ser-lhe dada a mão de Afrodite em casamento. Hefesto fica feliz por ser casado com a deusa da beleza e forja para ela belas joias, incluindo o cestus, um cinto de ouro que faz dela ainda mais irresistível para os homens. O descontentamento de Afrodite com seu casamento arranjado faz com que busque outras companhias masculinas, na maioria das vezes Ares.

Ares – Ela o amou apaixonadamente e juntos tiveram Eros (O deus do Amor), Anteros, Deimos, Fobos, Harmonia, Adrestia, Himeros e Pothos.  Vem mais em Mitologia Grega – Deus Ares

Dionísio – com o deus do prazer, das festas e do vinho teve um breve relacionamento e um filho chamado Príapo, o deus da fertilidade, que tinha grandes genitálias.

Hermes – Encantado pela sua beleza apaixonou-se pela deusa mas ela o rejeitou. Ele ficou extremamente triste e Zeus, com pena dele, fez com que uma águia levasse os chinelos de Afrodite enquanto ela banhava-se no rio Achelous. A águia os levou até Hermes, e na busca pelos chinelos, chegou até ele e o amou.  Teve com o deus mensageiro, o deus Hermafrodito (mistura dos nomes dos pais), que tinha como características, além da beleza, os órgãos sexuais de ambos os gêneros.

Apolo – Com o deus  apolo teve o filho Himeneu (deus do casamento)

Anquises – Afrodite gerou também um filho do mortal Anquises, que foi chamado de Enéias, e que foi um herói da Guerra de Tróia.

entre outros…

Apesar de ser conhecida como deusa do amor, Afrodite era muito vingativa, e não tinha piedade de seus inimigos. Teve como principais rivais as deusas Hera e Atena. Aliás, sua desavença com essas deusas deu origem a Guerra de Tróia. A história de perseguição com a mortal de rara beleza Psiquê também é conhecida.


Guerra de Troia

Segundo a mitologia grega a Guerra de Troia teve início quando três deusas (Afrodite, Hera e Atena) se envolveram em uma discussão para decidir quem era a mais bela dentre as três. Para decidir foi realizado um concurso de beleza em que Páris de Troia fez o papel de juiz. As três tentaram suborná-lo, porém Afrodite foi a vencedora por ter prometido a Páris a mulher mais bela do mundo. Para cumprir a promessa Afrodite ajudou Páris a raptar Helena, a mulher de Menelau que era o rei de Esparta.

A fim de resgatar Helena, os gregos espartanos velejaram para Troia o que levou os outros deuses a tomarem partido. Zeus agiu a fim de afastar os deuses da guerra, porém Hera, que a favor dos gregos, utilizou vários perfumes para fazer com que Zeus adormecesse. Quando Zeus acordou os troianos tinham sofrido muitas baixas em seu exército.

A luta ao redor das muralhas de Troia teve a duração de cera de 10 anos. A famosa “ilíada” trata das seis últimas semanas do último ano de guerra. A ilíada é um longo poema de Homero que traz uma história empolgante sobre o combate em Troia e serviu como documento religioso para o povo grego que recém tinha saídos da Idade Negra, foi um documento que constituiu a ideia de família olímpica (os deuses do olimpo).

Depois de uma discussão com Agamémnon, o guerreiro grego Aquiles, figura central do poema, muito ofendido retira-se magoado para sua tenda, enquanto os troianos comandados por Heitor, filho do rei de Tróia, lutam para afastar os gregos dos muros da cidade.

Após a morte de Pátroclo, Aquiles volta a comandar o exército contra os troianos, e acaba por matar Heitor. Após os pedidos dos deuses Aquiles é tomado por compaixão e entrega o corpo de Heitor ao rei de Troia, Príamo, para que o mesmo seja enterrado com as honras devidas a um herói.

Após muitos anos de combate os gregos vencem a guerra com um truque que ficou muito famoso. Eles deram um presente a Troia, o cavalo de Troia, que se tratava de um imenso cavalo de madeira dentro do qual os gregos se escondiam. Durante a noite, enquanto os troianos dormiam, parte do exército grego saiu de dentro do cavalo e abriu as portas da cidade para que o resto do exército pudesse invadir Troia.

Após a vitória os gregos se uniram a Helena e a Menelau e todos voltaram para casa, exceto Ulisses que demorou mais 10 anos para chegar a Esparta. Esse retorno de Ulisses deu origem à Odisséia, o segundo grande poema de Homero.


Nas festas em homenagem a Afrodite, as sacerdotisas que a representavam eram prostitutas sagradas, sendo que o sexo com as mesmas era considerado um ritual de adoração. As festas eram consideradas “afrodisíacas” , dando origem a esse termo.

Esta deusa inspirou vários artistas (pintores e escultores), principalmente, na época do Renascimento Cultural. Uma das obras mais conhecidas é “O nascimento de Vênus”(foto principal desta postagem) do pintor renascentista italiano Botticelli.

Atualidade..

  • Ao segundo planeta do sistema solar recebeu seu nome (Vênus – Mitologia Romana.
  • O símbolo de Vênus é utilizado até hoje na biologia, astronomia e alquimia.
  • Operação Afrodite foi um codinome para uma série de experimentos secretos com drones feitos pela Força Aérea do Exército dos EUA durante a Segunda Guerra Mundial.
  • Nome dado ao Asteróide da (1388 Aphrodite) da cintura principal descoberto em 24 de setembro de 1935 por Eugène Delporte.
  • Aphrodite Glacier é uma geleira de 15 milhas náuticas (28 km) localizada na Antártica; seu nome foi dado pelo comitê UK Antarctic Place-Names.
  • Aphrodite Fritillary ou Speyeria aphrodite é uma espécie de borboleta da América do Norte nomeada por Johan Cristian Fabricius em 1787.
  • Os Lusíadas, obra poética do escritor Luís Vaz de Camões que conta a história de Portugal, apresenta Vênus como deusa padroeira dos portugueses.

entre outros..


 

Referências:

http://www.suapesquisa.com/pesquisa/afrodite.htm. Consultado em 15-12-16.

http://www.mitologiaonline.com/mitologia-grega/deuses/afrodite/. Consultado em 15-12-16.

http://www.infoescola.com/mitologia-grega/afrodite/. Consultado em 15-12-16.

http://www.infoescola.com/historia/guerra-troia/. Consultado em 15-12-16.


 

Anúncios