Cronos é o deus que encarna o sentido do tempo mas também se rebela contra ele. E por isso foi destronado e humilhado, aprendendo assim no silêncio da própria dor.


Pais: Urano e Gaia

Cônjuge: Reia

Filhos: Héstia, Demeter, Hera, Hades, Poseidon, Zeus

Divindade: Deus do Tempo.

Equivalência em outras culturas: Mitologia Romana – Saturno


Na mitologia grega, Cronos era a principal divindade da primeira geração de titãs. Estava relacionado com a agricultura e também o tempo. Filho de Urano (Céu) e Gaia (Terra) era o mais jovem da primeira geração de titãs.

Foi o único a ter coragem de ajudar sua mãe a se livrar dos castigos de seu pai. Cronos tornou-se rei supremo dos deuses no lugar de seu pai e gerou muitos filhos com sua esposa-irmã Réia.

De acordo com a mitologia, Cronos temia uma profecia segundo a qual seria tirado do poder por um de seus filhos. De temperamento violento e negativo, Cronos passou a matar e devorar todos os filhos gerados com Réia. Porém, a mãe conseguiu salvar um deles, Zeus, escondendo-o numa caverna da ilha de Creta.  Para enganar Cronos, Réia deu a ele uma pedra embrulhada num pano que ele comeu sem perceber.

Ao crescer, Zeus libertou os titãs e com a ajuda deles fez Cronos vomitar os irmãos (Hades, Hera, Héstia, Poseidon e Deméter). Zeus, com a ajuda dos irmãos e dos titãs, expulsou Cronos do Olimpo e governou como o rei dos deuses gregos. Como tinha derrotado o pai Cronos, que simbolizava o tempo, Zeus tornou-se imortal, poder estendido também aos irmãos.

Em algumas variantes do mito, Cronos e os titãs são alcançados pela misericórdia de Zeus, libertados do Tártaro e cada qual retoma a sua função cosmológica no universo. Com a permissão do filho, Cronos torna-se, então, o governante dos Campos Elísios, o paraíso da mitologia grega e lugar de descanso para os mortos bem-aventurados


Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Cronos. Consultado em 26-03-17.

http://www.suapesquisa.com/mitologiagrega/cronos.htm. Consultado em 26-03-17.

http://brasilescola.uol.com.br/mitologia/cronos.htm. Consultado em 26-03-17.

http://eventosmitologiagrega.blogspot.com.br/2010/06/cronos.html. Consultado em 26-03-17.